+55 (11) 2103-4545contato@virtualgate.com.br

Queda no varejo está diretamente ligada ao pessimismo do consumidor

Alencar Burti, presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), comenta que a retração no varejo nacional, divulgada hoje pelo IBGE, decorre principalmente da queda da confiança do consumidor.

“O momento de retração da economia faz com que o consumidor tenha menos dinheiro no bolso e fique mais inseguro no emprego. Com isso, ele deixa de comprar, sobretudo artigos de maior valor, que dependem de crédito”, analisa.

Contudo, Burti ressalta que até mesmo setores mais resistentes e que não dependem de compra parcelada – como artigos de farmácia e perfumaria – já começam a sentir o impacto negativo do pessimismo do consumidor.

“O salário real não está acompanhando a inflação e o brasileiro está fazendo de tudo para economizar, priorizando compras de artigos essenciais e deixando de adquirir itens que considera supérfluo”, finaliza Burti.

Fonte: Investimentos e Notícias